Confira email enviado por Gustavo Krause ao programa Bem Amigos Sportv

6 06 2008

Por: Gustavo Krause Foto: Arquivo NauticoNET
Publicado em 06.06.2008, às 01:34:35hs

Krause faz parte dessa família

E-mail enviado pelo ex-governador de Pernambuco, Gustavo Krause, ao programa Bem Amigos, da Sportv.


Prezado Galvão Bueno

Admirador confesso de seu reconhecido trabalho, tomo a liberdade, menos como pernambucano e alvirrubro e muito mais na condição de apaixonado pelo futebol, de tecer breves considerações sobre os lamentáveis episódios ocorridos no jogo Náutico e Botafogo. Observando as lições do insuperável Nelson Rodrigues de que ‘Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola. A mais sórdida pelada tem uma complexidade shakespeariana’, passo a registrar três fatos que permeiam os acontecimentos:

1. O FATO CONSENSUAL: o desequilíbrio emocional do jogador André. Está registrado nas imagens e no desfecho processual do caso. O desequilíbrio levou o atleta a disparar suas angústias em todas direções (companheiros de equipe, juiz, auxiliar, adversários, torcida e policiais). Este tipo de atitude contribui para o contágio, fenômeno de massas, que estimula sentimentos e emoções de toda ordem nas praças de esportes (alegria, tristeza, frustração, exaltação, violência), contágio que vem do campo para as arquibancadas e das arquibancadas para o campo.

II – O FATO POLÊMICO: a ação da polícia. E que será sempre polêmica aqui e alhures. A razão é simples: a polícia exerce o monopólio da força, elemento constitutivo do Estado, para assegurar a paz social. O limite entre o uso e o abuso desta força é tênue. Será sempre discutível e discutida.E-mail de Gustavo Krause (Parte 02)

III – O FATO INUSITADO: a ameaça de representação de sua excelência o procurador do STJD, responsabilizando o Clube Náutico Capibaribe com a conseqüente interdição do estádio. Com a devida vênia, as declarações de Sua Excelência, além de extemporâneas, se sustentam em dois equivocados argumentos. O primeiro diz o Procurador: ‘o excesso de segurança gera insegurança’. O que significa ‘excesso de segurança’? A esmerada formação jurídica de Sua Excelência o autoriza a entender de ações de segurança, especialmente, segurança nos distúrbios de massa? Se a constatação é de abuso de autoridade, então, que sua Excelência use os meios institucionais a para punir os excessos e coibir futuros excessos. O segundo argumento é que é preciso encontrar um responsável. De acordo. A pergunta é: como responsabilizar a instituição, no caso o clube, que não tem poder de comando, não define táticas e estratégias, enfim, não tem a voz da autoridade, logo não pode ter o ônus da responsabilidade.
Enfim, a hipótese de interdição do estádio do Náutico, será o único caso na história universal em que a torcida é moralmente afrontada, leva uma garrafada’ do jogador e o clube do torcedor é penalizado.

Agradecido pela atenção

Gustavo Krause.


Actions

Information

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: